Como escolher a chapa de ACM correta?

São apenas 3 coisas que você precisa saber para especificar a chapa de ACM correta para o seu cliente, e é isso o que agente vai discutir neste artigo.


Caso preferir, assista em vídeo:


Você ja passou pela situação de ir comprar uma chapa de acm pra fazer uma fachada de um cliente, abre o catálogo do seu fornecedor e se perder, ficando cheio de dúvidas em qual dos inúmeros modelos disponíveis existentes lá vai atender melhor o projeto do seu cliente?


O pior de tudo, é que muitas vezes não sabendo como especificar uma chapa de ACM, a gente acaba indo para o modelo mais barato, afinal ACM é tudo igual, não é mesmo? É CLARO QUE NÃO.


Cada tipo de ACM é destinado a uma aplicação ou pra algum efeito específico que você queira dar ao seu projeto.


O primeiro erro é achar que todo ACM é igual e o segundo é deixar pra se preocupar com isso na hora de comprar a matéria prima. O material correto deve ser especificado ainda na etapa de orçamento... mas isso é um assunto pra outro artigo.


O que eu quero dizer é que são apenas 3 características que você precisa se atentar pra escolher a chapa de ACM que vai melhor atender ao projeto do seu cliente.


A primeira característica, por mais obvia que pareça é muito importante: A cor e a textura.


Não adianta o seu cliente te pedir um revestimento verde-limão, se o seu fornecedor de chapas não tem esta cor pra lhe atender ou ele for demorar muito pra reabastecer o estoque com aquela cor específica.


Então o primeiro passo é alinhar as expectativas que seu cliente possui em relação à viabilidade técnica do que você pode oferecer pra ele...


É de sua responsabilidade então estar sempre atualizado em relação ao estoque e variedades de cores que seus principais fornecedores possuem.


A segunda característica é em relação ao tipo de revestimento que as lâminas de alumínio vão receber.


Existem basicamente 2 tipos de revestimentos principais: O Poliéster e a resina PVDF.


Para escolher entre estes dois tipos de acabamento, uma coisa precisa estar bem clara na sua cabeça e na cabeça do seu cliente: O ACM não vai durar pra sempre!

Sabendo disso, depois de quanto tempo seu cliente está disposto a fazer alguma reforma ou intervenção na fachada que você está projetando?


Parece maluquice antes de fazer a fachada já pensar na manutenção, mas esse planejamento é necessário pra escolha correta do tipo de revestimento que terá o ACM.


O poliéster, que é uma solução de menor custo, é mais indicado para aplicações internas, onde não vai haver incidência direta de raios ultra violetas ou para revestimentos externos onde uma vida útil mais curta é esperada.


Já o PVDF é uma resina mais poderosa, porém de custo mais elevado, sendo capaz de garantir a tonalidade de cor por muitos anos, mantendo uma aparência próxima à original durante toda sua vida útil que, dependendo do modelo, pode chegar até a 20 anos.


A terceira e ultima característica, porém não menos importante, se refere às espessuras, tanto a espessura total da chapa, quanto a espessura da lâmina de alumínio.


Chapas destinadas a cobrir grande áreas de revestimento precisam ser mais espessas do que chapas destinadas à pequenas áreas ou para uso interno.


A escolha correta desta característica permitirá que suas instalações tenham um aspecto visual profissional, com perfeita planicidade, ou seja, sem curvas ou embarrigamentos que são ocasionados pela força do vento, pelo próprio peso da chapa ou por outras deformações ocasionadas pela dilatação do material.


O fato de você dobrar ou não o material também é um ponto importante de escolha em relação à espessura da lâmina de alumínio. Lâminas muito finas, de 0.15 ou 0.18 mm, não aceitam que sejam feitas dobras nas chapas.


Por isso é muito importante o seu correto levantamento a respeito do local de instalação e as necessidades de cada projeto.


Esse cuidado de conhecer bem o seu cliente e ajustar o seu projeto com as expectativas que ele possui para a escolha correta das chapas e aliar tudo isso às boas práticas de instalação são bons indicativos para o sucesso dos seus projetos de fachada em ACM.


Bom, essas são as dicas de hoje.


Se você acha que estas informações são importantes pra que todos os profissionais que já trabalham ou querem trabalhar com ACM, não deixe de compartilhar este artigo.

Facebook

Google+


Fique por dentro das novidades que vamos trazer semanalmente aqui no blog e no nosso Canal do Youtube. Pra isso, não deixe de se inscrever no botão abaixo!

Quer ser avisado quando um novo conteúdo entrar no ar? Coloque seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do Blog.

Não se preocupe. Assim como você, também odiamos spam.

CONECTE-SE CONOSCO

Facebook

YouTube

SMARTLED - Todos os Direitos Reservados.